ARRE – PEÇA PARA DOIS BURROS E DOIS ACTORES

Fiéis admiradores de duas conhecidas individualidades asininas da cultura mirandesa vêm ao burgo apresentar os seus ídolos e contar a sua história. Levados pelo entusiasmo, acabam por deixar-se levar pela narração, reacendendo o espírito de insurreição que os burros outrora nos ensinaram. Começam então uma luta pela sua liberdade e diferença com a única arma que lhes resta.

Direção artística: Pedro Fabião

Criação: Alexandre Sá, Janela Magalhães, Pedro Fabião

Interpretação: Alexandre Sá, Janela Magalhães, Lourenço de Miranda, Romão de Miranda

Espaço cénico, luz, figurinos: Rei Sem Roupa

Caracterização: Anymamundy

Fotografia: Pedro Santos, Cláudia Costa, Catarina Pereira, Vitor Leite

Co-produção: Rei Sem Roupa e AEPGA (associação para o estudo e protecção do gado asinino)

Apoios: Instituto Politécnico do Porto, Fábrica da Rua da Alegria, Governo de Portugal